Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘trabalho’

De volta!

Depois de cinco semanas enclausurada, finalmente tenho minha vida de volta. E com bônus.

Quando eu passei no vestibular, achei que ia ter um troço. Comprometi uma unha do pé por causa disso. Depois me formei, e passei no mestrado no dia do meu aniversário. Defendi a dissertação, entrei no doutorado em outro estado quase que imediatamente, e mais uma vez achei que ia ter um treco. Morei longe, trabalhei enlouquecidamente, defendi o doutorado e achei que aquela sensação – de dever cumprido, de alívio ou de alegria, sei lá – seria insuperável. Tolinha!

Cinco semanas praticamente trancada dentro de casa, estudando na média 10 horas por dia, tendo que explicar mil vezes pra todo mundo o quanto aquilo era importante pra mim (e tendo a sensação de que a maioria não compreendia de verdade), crises de choro e ansiedade, pânico, noites sem dormir. Cada uma dessas coisas valeu a pena. Valeu atingir a meta profissional que estabeleci pra mim mesma 17 anos atrás. E eu acho que essa sensacão – de alívio, dever cumprido, alegria, tudo junto? – que senti na semana passada, essa sim é insuperável.

Leve, leve, leve, leve…

(e ansiosa! rs)

Falta muito pra começar a vida nova?

Anúncios

Read Full Post »

Ai, que dia!

Imagina só, um dia inteiro ouvindo:

* Gerúndios – imagino que essas pessoas que só falam no gerundês tenham alguma frustração profissional, todos queriam ser atendentes de telemarketing e não conseguiram vaga em companhias telefônicas ou empresas de cartão de crédito. Imagino conversas como “vou estar indo fazer cocô” ou “vou estar arrancando a sua roupa agora”.

* Oportunizar, internalizar, operacionalizar – tem coisa mais chata do que um verbo desses por frase? Outras palavras também são fundamentais, como comunidade, coletivo, performance, sempre utilizadas fora de contexto e de forma exagerada.

* Gerundismo + oportunizar – “vamos estar oportunizando blá-blá-blá”.

* Erros de concordância e palavras – engaNjado saindo da boca daquele que é o representante de XXXX regional (tá, vou poupar o cara senão todo mundo ia saber quem é…)? Oh my… Sou mesmo radical. Se uma pessoa com ensino superior e pós-graduação (stricto sensu!), detentora de um cargo de extrema confiança, representante de classes, pega o microfone pra dar uma palestra, ela TEM obrigação de fazer uso correto da língua portuguesa. Fico pra morrer quando ouço alguém dizer que fala melhor inglês do que português, e em geral essa pessoa fala com orgulho. Cá pra nós, né? O sujeito que quer aparecer em público, que adora fazer pose, que vai ENSINAR, não pode falar reSistro, né?? Grrrrrrrrrrrr!!!

E depois eu não sei por que a dor de cabeça não passa…

***

Pra relaxar…

dsc08915

Tem mais fotinho da Roda Gigante lá no ƒlickr.

Read Full Post »

O quase gol

Bati na trave. De novo. Já tô ficando cansada disso.

Tô triste pacas.

Read Full Post »

Dicas de livros [para ecólogos]

Com essa história de concursos, volta ao trabalho, novos estudos, voltei a ficar animada com a minha carreira. Claro que as ilusões todas se perderam com o tempo. Claro que eu continuo querendo fazer mil coisas, ser mil coisas. Claro que eu quero mudar de emprego e continuo pensando em mudar radicalmente. Mas é bom sentir que ainda há tempo de sair do limbo.

Por isso, muitas coisas atrasadas estão sendo colocadas nos seus devidos lugares.

Nessa onda de [súbito e intenso] ânimo, pesquei coisas bem interessantes na Amazon, e minha wish list voltou a crescer. Pena que o salário não acompanha (quem sabem, quem sabe…). Aliás, fiquei pensando no Daniel, comprando os livros na fonte, com frete zero… *suspiro*

Lá vai:

Occupancy Estimation and Modeling: Inferring Patterns and Dynamics of Species Occurrence (Darryl I. MacKenzie, James D. Nichols, J. Andrew Royle, Kenneth H. Pollock, Larissa L. Bailey, James E. Hines; 2005; Academic Press).

Wildlife Demography : Analysis of Sex, Age, and Count Data (John R. Skalski, Kristin E. Ryding, Joshua Millspaugh; 2005; Academic Press).

Conservation of Wildlife Populations: Demography, Genetics and Management (L. Scott Mills; 2008; Wiley). – Novíssimo! Quero muito!

Wildlife Ecology, Conservation and Management (Anthony R. E. Sinclair, John M. Fryxell, Graeme Caughley; 2005; Wiley). – Importantíssimo para as minhas aulas!

Connectivity Conservation (Kevin R. Crooks, M. Sanjayan, eds; 2006; Cambridge University Press). – Maravilhoso! (o preço acompanha, afe…)

Habitat Fragmentation and Landscape Change: An Ecological and Conservation Synthesis (David Lindenmayer, Joern Fischer; 2006; Island Press).

Eu adicionei mais de 20 itens à minha wish list. Nestas horas é que eu sinto muita falta de uma booooa biblioteca…

Read Full Post »

– Passei seis meses fora e é como se o tempo tivesse ficado congelado por lá. Nada mudou.

– Eu descobri que eu até senti saudades [só um tiquim].

– Não vai ser fácil sair de lá. Isso vai acontecer um dia, é fato, mas não será sem dor.

– Sim, as coisas estão melhorando por lá. A minha paciência é que é pouca demais pra mudanças tãããão lentas e conturbadas.

– Além de achar que fui longe demais pra dar marcha a ré a esta altura do campeonato.

– Não, eu não passei a amar o meu localdetrabalho, mas fiz amigos queridos lá.

– Por outro lado, se são amigos, ficarão pra sempre, não importa onde eu esteja.

– E talvez eu esteja em outro lugar antes do que se imaginava.

– Vou ali cortar uns tecidinhos e já volto.

Read Full Post »

192 dias e semi-alta, volta ao trabalho ainda não doeu, o corpo dói, a máquina de costura está com teia de aranha e eu tô com fome.

É isso.

Read Full Post »

– Divulgação científica –

O setor de extensão da Escola de Comunicação da UFRJ promove, a partir de hoje, uma série de palestras que fazem parte do projeto ECOS da Ciência – Colóquio de Comunicação e Ciência da UFRJ.

As palestras são gratuitas, e acontecerão todas as segundas-feiras, de 14h às 16h, até o dia 10 de dezembro. Vai ter muita gente boa e muita coisa interessante. A inscrição pode ser feita pela internet, pelo site da ECO, e você não precisa assistir a todas elas. Entretanto, quem participar de 80% do evento leva um certificado pra casa.

Abaixo vão os assuntos que serão tratados e seus respectivos palestrantes. Eu estarei lá.

17 de setembro – Panorama da Divulgação Científica
lldeu de Castro Moreira – Inst. de Física da UFRJ / MCT

24 de setembro – A ciência explicada aos pedestres: a comunicação da ciência para o entendimento público
Luiz Alberto Oliveira – CBPF / MCT

1 de outubro – Ciência como mito: a ciência como um dos mitos fundadores do pensamento
Paulo Vaz – Escola de Comunicação da UFRJ

8 de outubro – Jornalismo científico: a linguagem e o erro
Cássio Leite Vieira – Revista Ciência Hoje

15 de outubro – Imaginário científico e tecnologia no cinema
Ivana Bentes – Escola de Comunicação da UFRJ

22 de outubro – Comunicação e interculturalidade: encontro nas diferenças
Valter Filé – Pesquisador em Comunicação e Educação

29 de outubro – A cor inexistente: síntese histórica da harmonia cromática na criação e reprodução de imagens visuais
Israel Pedrosa – Artista Plástico e Cientista da Cor

5 de novembro – Divulgação e popularização da ciência nas políticas públicas
Laura Tavares – PR 5 – UFRJ

12 de novembro – A relação ciência, público e mídia: a necessidade do diálogo
Vera Cascon – Fundação CECIERJ

19 de novembro – Divulgação científica na TV
José Renato Monteiro – Mostra Ver Ciência – CCBB

26 de novembro – Teatro tem ciência?
Carlos Palma – Núcleo Arte e Ciência no Palco – SP

3 de dezembro – Cultura, ciência e tecnologia nos museus
Gilson Antunes – FIOCRUZ

10 de dezembro – Comunicação, ciência e futuro
Ieda Tucherman – Escola de Comunicação da UFRJ

Serviço completo:
Local: Auditório da CPM – escola de Comunicação da UFRJ
Av. Pasteur, 250 fds – Urca – RJ
Horário: 14:00h às 16:00h
Certificado: Aos participantes com 80% de presença

Mais informações com Setor de Extensão da ECO/UFRJ nos telefones 3873-5066 ou 2295-9449.

Divulgação: Elizabete de Cerqueira
Núcleo e Assessoria de imprensa da ECO/UFRJ

Read Full Post »

Older Posts »