Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘nham nham’

Sobre ser a feliz proprietária de uma máquina de guloseimas

A primeira experiência foi frustrante. Muito frustrante. Fiz tudo o que mandava o manual. Comprei a farinha que mandava, comprei fermento e fiz a receita que eles mandavam. Fiquei lá olhando, olhando, achei que a massa estava crescendo pouco, mas tudo bem. O pão ficou pronto e estava uma cáca. Praticamente cru, uma casca duríssima, péssimo.

Fiquei arrasada.

Rapidamente resolvi acionar as amigas mais experientes e prorietárias da maquininha há mais tempo. Aí descobri que:

– comprei a farinha errada (era pra fazer exatamente o contrário de o que o manual mandava);
– comprei o fermento errado (aí foi jumentice minha mesmo);
– a receita que eles mandam fazer é a pior, o primeiro pão de todo mundo ficou uma cáca.

Como não sou de desistir das coisas, hoje fui comprar a farinha certa e o fermento certo e fiz outra receita. Confesso que passei a tarde meio tensa, mas fui relaxando quando olhei pelo vidro e a massa estava enoooooorme, e, mais ainda, quando senti o cheirinho de pão assando. Uhmmmmmm… Diliça!!!

Acho que a partir de hoje só vou comer folha, pra poder comer os pães que eu quero fazer lá. Isso sem contar os bolos, as massas de pizza e as geléias. Nham nham nham…

Taí meu pãozinho de manteiga, que eu sempre chamei de “pão macio da padaria”. Agora o pão macio é aqui! Quem vai querer??

Anúncios

Read Full Post »

Um minuto de comercial

– O primeiro pão está assando. Fiquei babando em cima do começo ao fim. É fantástico ver a maquininha fazer em minutos o que eu levava hooooras pra fazer… É claaaaro que eu tô ansiosa pra que fique pronto logo!

– Acabei de pintar o vaso. Ficou médio. Ele tá lá na varanda secando. Amanhã faço os acabamentinhos e a plantinha já terá casa nova!

Read Full Post »

Ela é minhaaaaaaaaaaaaaaaa!

Oito meses, pelo menos, paquerando essa maquininha aí. Antes mesmo de saber que milhares de pessoas tinham e amavam a maquininha, eu já queria ter uma. Ficava sempre adiando pra depois, porque sempre tinha alguma coisa mais importante pra comprar (ou alguma dívida pra pagar).

No domingo ele manda um email dizendo que comprou de presente pra mim. Eu não acreditei, claro. Ele passou três dias rindo por antecipação, dizendo que eu ia ficar com cara de tacho.

Ontem à noite o interfone tocou, caixa enorme pro “seu M.”, vou colocar no elevador, tá bom seu Zé, eu pego aqui em cima, elevador chega, caixa enorme dentro, ele na porta rindo pacas, eu da cor de um tomate.

Ela é minha! 🙂 Ela é linda. E ficou linda na cozinha mínima. Várias coisas foram pra dentro do armário, porque o lugar de gala é dela.

Brigada brigada brigada brigada brigada meu amooor! Ameeeeeeeeeeeeeei mesmo! 🙂

Hoje já vai ter pão fresquinho! (ou você achou que eu ia esperar até o final de semana pra estrear?)

Read Full Post »

Como parte da reorganização da minha vida, coloquei como uma das metas testar uma receita nova por mês, além das variadas semanais (porque ninguém agüenta arroz com feijão todo dia, embora seja delicioso).

Quando estávamos em SP vimos o Olivier Anquier ensinando uma receita de frango que nos pareceu muitíssimo interessante, e eu fiquei ansiosíssima para experimentar.

Esta semana me aventurei. A receita foi testada e aprovada, com pequenas modificações, claro.

Publico abaixo a receita original com as minhas adaptações em itálico:

Frango à Indiana no Olivier Anquier, com adaptações da Flávia Rocha

Ingredientes:

• 4 filés de frango (eu usei meio kg de filé de peito picadinho)
• 1 copo de iogurte
• 1 colher de sopa de hortelã picado
• 2 dentes de alho picados (eu coloquei mais, hihi)
• 1 colher de chá de gengibre ralado
• 2 maçãs verdes (usei só uma)
• 2 tomates picados
• ½ pimentão vermelho fatiado
• ½ pimentão amarelo fatiado
eu coloquei, além disso, um pimentão verde pequeno (o Olivier não gosta do pimentão verde porque ele diz que a gente se lembra dele por vários dias, e embora eu concorde com ele, eu adoro, então coloquei)
• 1 colher de sopa de curry (coloquei umas 3, porque o MM adora e realmente fica bem mais gostoso)
• 1 pitada de canela em pó
• 500 ml de leite de coco (eu coloquei só uma garrafinha de 200ml e já foi suficiente; o leite de côco tira o gosto de todo o resto)
• ½ cebola picada
• 50 ml de azeite
• 4 xícaras de arroz cozido (ignorei o arroz dele e fiz outro, portanto ignore os ingredientes abaixo, exceto o sal e a pimenta; ver meu arroz abaixo)
• 1 cenoura ralada
• 1 xícara de salsa picada
• 50 g de manteiga
• 50 g de uvas-passas
• sal e pimenta a gosto

Prepare os filés assim:
• Tempere os filés com sal, pimenta e iogurte; (isso mesmo, eles ficam de molho no iogurte e ficam DELICIOSOS depois de grelhados)
• Grelhe os filés de frango no azeite;
• Retire e reserve;
• Na mesma panela, doure o alho e a cebola;
• Junte as maçãs picadas, a canela, o tomate, pimentão, gengibre, leite de côco e o curry; (bom, aí faça nesta ordem: coloque os pimentões e deixem eles cozinharem bastante com um pouquinho de água; quando ficarem bem bem bem macios, coloque os tomates; quando os tomates derreterem, coloque as maçãs, o gengibre e o curry; deixe ferver e aí coloque o leite de côco; coloque sal e pimenta – é possível que você tenha vontade de colocar um pouco mais de curry neste momento: vá em frente.)
• Coloque os filés e o hortelã, e cozinhe por 5 minutos.

Prepare o acompanhamento assim (arroz colorido):
• Refogue a cenoura e a uva-passa na manteiga até ficarem macias;
• Junte o arroz e a salsa;
• Sirva com os filés de frango e o molho.

O meu arroz eu fiz assim:
• Cozinhe o seu arroz normalmente.
• Como eu não dispunha de muitos legumes em casa, eu optei por misturar uma latinha de seleta de legumes.
• Misture umas duas colheres de sopa de queijo parmesão ralado.
• Depois de bem misturadinho, coloque umas colheres de creme de leite, só pra ficar molhadinho. Eu garanto, fica uma delícia.

A aparência do prato não fica lá essas coisas (e a foto que eu tirei também não ajuda nada), mas o gosto, eu garanto, é divino. Fiz um panelão achando que ia ter comida pra dois, dias, mas foi praticamente tudo pros nossos estômagos. E olha que eu nem gosto muito de curry, mas esse frango ficou de dar água na boca (só de pensar fiquei aqui triste porque não tem nem um restinho na geladeira…).

Já estou pensando o que vem por aí no mês que vem.

Read Full Post »

Páscoa nham nham

Read Full Post »

Maldade, pura maldade

Ai ai ai, quanto falta para a Páscoa???????

Read Full Post »